NOTÍCIA


voltar

04/11/2016 - Noticia: Integrantes das Redes Petro discutem acoes para o futuro


Integrantes das Redes Petro discutem ações para o futuro

Encontro contou com a participação de cinco estados.

Empresários, consultores, gestores e analistas do Sebrae presentes na Rio Oil & Gas, feira realizada no RioCentro – Rio de Janeiro, aproveitaram a oportunidade para realizar uma reunião. Na pauta, o futuro das micro e pequenas empresas que forma as Redes Petro no Brasil, pontos fortes, oportunidades de melhoria e mercado. O encontro, realizado no estande da Rede Petro Sergipe, contou com a participação das Redes Petro do Leste Fluminense – Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Bahia e Espirito Santo.

Para o empresário João Paulo, da Rede Petro Bahia, o momento é de união de forças para enfrentar o atual cenário econômico, abalado pela crise financeira que assola o segmento de petróleo e gás no Brasil. “Precisamos focar na união das Redes e na utilização de canais de comunicação voltados para isso. Outro ponto que deve ser reforçado é quanto a criação de uma pauta de demandas para sensibilizar a Petrobras, mas para que isso aconteça é fundamental estarmos unidos, pois só vamos ter voz quando formos fortes”. João Paulo está há 25 anos no mercado de petróleo e gás e gera 25 empregos diretos.

O empresário Ivaldo Mesquita Ferreira, da Rede Petro Sergipe, concordou com o colega baiano. “Se a gente se integrar ainda mais, a gente se fortalece. Precisamos trabalhar pautas voltadas para prospecção de mercado e desenvolvimento de tecnologia”, reforça Ivaldo Mesquita Ferreira, que está completando a maior idade com 18 anos no mercado.

Entre os temas discutidos pelo grupo estão a necessidade de incentivar ainda mais as parcerias e negócios entre as empresas ligadas as Redes Petro Estaduais, estabelecer um propósito que englobe as aspirações e necessidades das Redes Petro existentes no Brasil, encontrar uma forma das empresas se conectarem e haver integração, avançar na questão das energias limpas como solar e eólica, além de definir uma programação das próximas ações.

Ana Nunes, analista do Sebrae em Sergipe e gestora do projeto petróleo e gás, aprovou o encontro e ficou otimista com o conteúdo abordado. “É fundamental haver uma sinergia entre os integrantes das Redes Petro, para que seja possível desenvolver uma ação conjunta com foco em mercado”, destaca.

Próximos passos

Seis pautas foram definidas: Criar um canal de comunicação de rede nacional para ser utilizado pelas empresas das Redes Petro com foco em parcerias e negócios. Estimular o empenho no desenvolvimento do networking entre as empresas das Redes. Definir um propósito comum. Disponibilizar uma plataforma que agregue as empresas e redes. Modificar o nome da Rede Petro destacando os outros tipos de energia. Atualizar o site da Rede Nacional. “O grupo comprometeu-se de se reunir novamente num prazo de 30 dias para trabalhar no detalhamento das proposições”, finaliza Ana Nunes.

Confira essa notícia no link: http://www.se.agenciasebrae.com.br/sites/asn/uf/SE/integrantes-das-redes-petro-discutem-acoes-para-o-futuro,d3f4352450608510VgnVCM1000004c00210aRCRD